13 dezembro 2011

às vezes eu penso (juro!)

que se eu simplesmente CALASSE A BOCA minha vida seria tão mais fácil, sabe?

pedi uma pepsi pro tio da cantina e enquanto pagava ele comentou, sorrindo:

- mas você gosta mesmo de roxo!

e eu respondo animadamente:
- haha, o senhor reparou? olha esse aqui, que pavor! - e viro de costas, mostrando um hematoma na perna. 

o homem estava, OBVIAMENTE, se referindo aos inúmeros objetos em tons de roxo dentro da minha mochila. 
eu achei que ele estava falando das minhas manchas roxas provenientes de colisões com objetos que se dizem inanimados mas em verdade vos digo: não são não, hein. 
(a cara de -q do pobre, gente.)

depois fiquei pensando comigo mesma POR QUE CARALHOS um desconhecido comentaria alegremente sobre hematomas. e de onde me veio essa conclusão estapafúrdia.
mas só depois, claro.

pego minha pepsi, vou fazer uma prova e olha, sem condições. analisei a imagem, refleti muito, dei um suspiro e murmurei de mim para mim mesma:

- hmmmmm. mas tem que ser muito putinha pra fazer um serviço desses, né? vamos combinar? mui-to-pu-ti-nha.

olho para o lado, putinha está calmamente esperando que eu me dê conta de sua presença e assine a lista de chamada.

fim.
+_+

Nenhum comentário:

Postar um comentário