25 agosto 2011

tá um pouco assim:

qualquer coisinha vou pra cama, suspiro abraçada na gata e choro um pouco. eu, que não conseguia chorar há séculos (quimicamente alterada não vale) e já estava cogitando um defeito nos canais lacrimais, chorei com a programação de 56 canais de tv. sem exceções.

atenção, não é hormonal.

acho que estou com febre. quando tenho febre tudo parece meio chorável. minha pele arde, meus olhos ardem, as miudezas queimam. e dá uma vontadezinha de sumir. é uma opção menos embaraçosa do que chorar com o fantasminha de cold case, pelo menos.

ganhei logo um lanchinho. nessa casa qualquer mazela física, afetiva ou espiritual se resolve com comida.
pena que ao acabar de comer preciso ir ali decidir todo o resto da minha vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário