06 julho 2011

#10

- hm, você está até com uma cerveja na mão. não tinha desistido desse negócio?
- falhei miseravelmente.
- em parar de beber?
- também.

e não queira saber do resto. bom, querendo ou não eu acabo falando mesmo. aliás, o problema não é ser cafona e acreditar em sinais, é sair DISSERTANDO SOBRE ISSO entre as duas e as cinco da manhã. gata, se numa hora dessas você não está trepando, vai pra casa, toma um rivotril com absolut e fica bunita. porque amanhã você não vai lembrar do que falou, mas o resto da humanidade sim.

hoje eu fui fazer uma prova por pura falta de melhores opções. tem noção? no meio da tarde já havia desistido completamente, mas fui ao cinema e não tinha nada de bom passando. daí voltei, sentei lá e inventei horrorez. derrota acadêmica. para combinar com as outras todas. acho muito válido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário